Debates presidenciais na eleição americana de 2020

na televisão e na internet

Autores

Palavras-chave:

Debates, Eleições 2020, Joe Biden, Donald Trump, Internet

Resumo

O ano de 2020 marca um período atípico da história americana pela elevada quantidade de contaminados e mortos pela Covid-19 e pelos protestos relacionados ao movimento Black Lives Matter, que fizeram o pano de fundo da corrida eleitoral entre Joe Biden e Donald Trump. Nessa eleição, ocorreram dois debates entre os presidenciáveis televisionados e um único entre os candidatos a vice (Harris e Pence). Historicamente, os debates presidenciais dentro do contexto das eleições estadunidenses representam momentos decisivos, capazes de alterar as atitudes do eleitorado e possivelmente o direcionamento do voto. A fim de avaliar a possível relação entre o interesse dos internautas por informações sobre os presidenciáveis e os debates televisivos em 2020, delineou-se um trabalho de dados do Google Trends. Os resultados indicam que parte significativa do interesse registrado no Google pelos candidatos à disputa presidencial (Joe Biden e Donald Trump) se relaciona com o interesse pelos debates. Corroborando argumentos já fomentados pela literatura, o debate como comunicação eleitoral se mostra central na modelagem da cultura política. 

Biografia do Autor

Thiago Perez Bernardes de Moraes, Universidad Argentina John Fitzgerald Kennedy

Pós-doutor em direito constitucional - Università degli Studi di Messina. Doutor e pós-doutorando em psicologia social pela Universidad Argentina John Fitzgerald Kennedy. Docente do Centro Universitário Campos de Andrade - Uniandrade. 

Romer Mottinha Santos, Centro Universitário Internacional _ Uninter

Mestre em ciência política pela Universidade Federal do Paraná e pesquisador junto ao Centro Universitário Internacional - Uninter.

Downloads

Publicado

2022-07-01

Edição

Seção

Artigos