Saramago e "A maior flor do mundo": fazer florescer pequenos leitores

Autores

Palavras-chave:

A maior flor do mundo, Saramago, Literatura infantil, Recepção de leitores

Resumo

Nesta produção, há um olhar semiótico sob a construção narrativa saramaguiana da obra “A Maior Flor do Mundo”. Analisa-se as reflexões do autor presentes no livro infantil que apresenta um menino-herói, personagem distante da acomodação e da fragilidade, em que caminha por uma narração com elementos abstratos e simbólicos, materializados para que o seu interlocutor (re)construa a história. Este trabalho contempla também uma abordagem prática de recepção infantil, a qual dá força aos discursos dos pequenos leitores a favor do desejo do autor para o livro em estudo e que se configura como um aspecto poético-artístico, com alto potencial criativo e imaginativo. O trabalho elaborado por uma professora portuguesa em Braga, Portugal com alunos de um quinto ano do ensino fundamental evidencia a necessidade de a escola reposicionar-se frente as maneiras de trabalhar o texto literário em sala de aula. Fazer com que o aluno pense e perceba-se florecendo enquanto leitor é uma das finalidades que Saramago arquiteta no conto: que o leitor ouse e veja a fuga possível de um mundo permeado por normalidades do já dito.

Biografia do Autor

Renata Junqueira de Souza, UNESP/Presidente Prudente

Livre-docente em Metodologia de Língua Portuguesa, doutora e mestra em Teoria da Literatura. Atualmente é professora na Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP/Presidente Prudente) na graduação em Pedagogia e na Pós-Graduação em Educação. Coordena o Centro de Estudos em Leitura e Literatura Infantil e Juvenil CELLIJ e é líder do grupo de pesquisa “Formação de professores e as relações entre as práticas educativas em leitura, literatura e avaliação do texto literário”

Diego Ferreira, UNESP

Possui graduação em Letras pela UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná) com habilitação em Espanhol e pela Faculdade de Presidente Prudente (FAPEPE), com habilitação em Língua Inglesa. É especialista em Arte Educação pela UNOESTE, professor na educação básica com aulas de Língua Portuguesa e Arte pela Secretaria do Estado de São Paulo. Atualmente é professor titular de Educação Básica II e III na Rede SESI-SP. É avaliador de redações do ENEM. Graduando do curso de Pedagogia na UNESP de Presidente Prudente.

Downloads

Publicado

2022-05-05