Eu como Nós

a intersubjetividade antropofágica entre Vilém Flusser e Oswald de Andrade

Autores

Palavras-chave:

Comunicação, Intersubjetividade, Jogo, Antropofagia, Ludofagia

Resumo

A noção de intersubjetividade perpassa o pensamento de Vilém Flusser, de maneira que é possível afirmar que se trata do grande horizonte ético de sua obra. O presente ensaio, amparado metodologicamente pela pesquisa bibliográfica, visa discutir a noção de indivíduo, um ser essencialmente e existencialmente comunicante, dentro desse contexto. Para tanto, percorre a genealogia da intersubjetividade flusseriana, sobretudo no caminho norteado por Martin Buber, assim como a influência que este recebeu de Jacob Moreno. Paralelamente, evidencia as relações do pensamento de Flusser com a antropofagia de Oswald de Andrade. A partir do pensamento oswaldiano, comparecem Sigmund Freud e Lucien Lévy-Bruhl como referências pertinentes. Dessa genealogia, um percurso lúdico e antropofágico dos próprios pesquisadores, emerge a noção de um sujeito em devir, capaz de olhar com olhos livres para o abjeto, a ponto de enxergá-lo como projeto.

Biografia do Autor

Tadeu Rodrigues Iuama, Universidade de Sorocaba

Professor em cursos de graduação e especialização no Centro Universitário Belas Artes. Doutor em Comunicação (UNIP), mestre em Comunicação e Cultura (UNISO), especialista em Game Design (UP), ludoterapia (FAVED) e ludopedagogia (UNIASSELVI), bacharel em Administração (UNISO). Pós-doutorado em Comunicação e Cultura (UNISO). Integrantes dos Grupos de Pesquisa Narrativas Midiáticas (UNISO/CNPq), Mídia e Estudos do Imaginário (UNIP/CNPq) e colíder do Mídias Lúdicas (UNISO/CNPq). 

Míriam Cristina Carlos Silva, Universidade de Sorocaba

Professora titular do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura da Universidade de Sorocaba. Doutora em Comunicação e Semiótica (PUC-SP), mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP), especialista em Teoria da Literatura (UNISO), licenciada em Letras – Português/Inglês (UNISO). Pós-doutorado em Comunicação Social (PUC-RS). Líder do Grupo de Pesquisa Narrativas Midiáticas (UNISO/CNPq). 

Downloads

Publicado

2022-07-01

Edição

Seção

Artigos