Violência contra a mulher por parceiro íntimo no cinema latino-americano

Autores

Palavras-chave:

Cinema latino-americano, gênero, mulheres, relacionamento romântico, violência

Resumo

Por meio deste trabalho, analisou-se episódios de violência física contra a mulher nos relacionamentos românticos retratados no cinema latino-americano, a partir da análise temática. Foram selecionados quatro filmes: Amores perros (González Alejandro, México, 2000), Cicatrices (Del Toro Paco, México, 2005), Salsipuedes (Luque Mariano, Argentina, 2012) e Vidas partidas (Schetman Marcos, Brasil, 2017). Os resultados mostram que, em relação à violência física grave, existem consequências legais para o agressor e denúncias formais por parte da mulher, enquanto nas cenas de violência moderada, as agressões passam praticamente despercebidas e o homem não é questionado por seu comportamento agressivo. Além dos episódios explícitos de violência física, também são relevantes os casos indicados por sinais ou sequelas de violência. Constatou-se que é importante para a análise sobre esse fenômeno levar em consideração elementos psicológicos ligados às agressões físicas, uma vez que, na maioria das cenas analisadas, essas dimensões da violência acontecem conjuntamente.

Biografia do Autor

Daniela Marisol Pérez Angarita, UFES

Doutora em Psicologia. Universidade Federal Espirito Santo. UFES. Vitória. ES- Brasil. Possui mestrado em Orientação Educacional - Universidad del Zulia. Venezuela. Tem interesse na pesquisa em psicologia social, estudos de género, relações interpessoais, estudos culturais, migrações.

Mariana Bonomo, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutora em Psicologia. Professora do Departamento de Psicologia Social e do Desenvolvimento e do Programa de Pós Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Espírito Santo. UFES. Vitória. ES- Brasil. É membro do GT da ANPEPP Memória, Identidade e Representações Sociais, Membro da Rede Latinoamericana de Psicologia Rural, Pesquisadora da Rede de Estudos e Pesquisas em Psicologia Social (RedePSO) da UFES.

Agnaldo Garcia , Universidade Federal do Espírito Santo

Doutor em Psicologia.  Professor do Departamento de Psicologia Social e do Desenvolvimento e do Programa de Pós Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Espírito Santo. UFES. Vitória. ES- Brasil. Membro da IARR (International Association for Relationship Research) e da SIP (Sociedade Interamericana de Psicologia). Editor fundador e atual editor de Interpersona: An International Journal on Personal Relationships. Seu interesse de pesquisa atual são relações interpessoais, amizades interculturais e internacionais e cooperação científica internacional.

Downloads

Publicado

2021-07-01

Edição

Seção

Artigos