A Participação Social na Cidadania Comunicativa

A conquista do Direito à Comunicação

Autores

Palavras-chave:

cidadania comunicativa, direito à comunicação, participação social

Resumo

A participação social é uma condição fundamental para a conquista da cidadania comunicativa, compreendida com a formalização, o reconhecimento e o exercício do direito à comunicação. Para diferenciar da pró-atividade dos usuários nas redes sociais, a participação é definida a partir das dimensões da inclusão social, da interação dialógica e da partilha de poder que são possíveis de alcançar a partir de iniciativas como a regulação da comunicação, a educação para a mídia, o fortalecimento da comunicação pública, comunitária e independente, a promoção do diálogo e a participação social na gestão das mídias.

Biografia do Autor

Ismar Capistrano Costa Filho, Universidade Federal do Ceará

Doutor em Comunicação Social pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mestre em Comunicação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e bacharel em Jornalismo pela Universidade Federal do Ceará (UFC), onde atualmente é professor adjunto, lecionando nas áreas de Comunicação e Cidadania e Assessoria de Comunicação. É professor colaborador do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFC. Coordena também o Projeto de Extensão de Apoio à Comunicação Alternativa, Cidadã e Comunitária (Cacco).

Downloads

Publicado

2021-07-01

Edição

Seção

Artigos