A mídia e o mercado infantil.

Um olhar semiótico sobre suas transformações

Autores

Palavras-chave:

Vídeos Unboxing, Consumo Infantil, You Tube, Semiótica

Resumo

O objetivo deste artigo é desenvolver uma análise semiótica de um vídeo unboxing, disponibilizado no You Tube para o público infantil, a fim de identificar transformações que permeiam o discurso dessas novas formas de comunicação comercial com as crianças. Trata-se de pesquisa qualitativa, básica e descritiva. O método de análise é a semiótica discursiva. O corpus é formado pelo vídeo Cars Color Changers in Toy Story, de sete minutos, publicado em 11/02/2013, no canal FunToys Collector Disney Toys Review. Tem relevância para os estudos do marketing e do consumo infantil, sendo uma temática atual, presente na sociedade midiatizada contemporânea e ainda pouco explorada, na academia. Os principais resultados indicam que houve um aumento significativo no tempo de exposição da criança a conteúdos publicitários, bem como uma mudança no conteúdo que, agora, é muito mais didático e, ainda, “disfarçado”, o chamado Advertainment, uma mistura de propaganda e entretenimento.

Biografia do Autor

Flávia Meneguelli Setubal, Universidade Federal do Espírito Santo

ossui graduação em Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Espírito Santo - UFES (2000), especialização em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing - ESPM (2000) e em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas - FGV (2003), mestrado em Administração pela Universidade Federal do Espírito Santo - UFES (2008) e doutorado em Educação, na UFES. É professora de marketing do Curso de Administração da Universidade Federal do Espírito Santo - UFES, com dedicação exclusiva. Participa do grupo de pesquisa GEPEL, na UFES. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Marketing e Comunicação Empresarial, atuando principalmente nos seguintes temas: consumo, propaganda e planejamento estratégico.

Sérgio Robert de Sant'Anna, Universidade Federal do Espírito Santo

Possui graduação em Administração pela Universidade Federal do Espírito Santo (1988), mestrado em Administração pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991) e doutorado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004). Atualmente é professor efetivo em regime de dedicação exclusiva da Universidade Federal do Espírito Santo. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Marketing atuando nos seguintes temas: Marketing, consumo, semiótica.

Downloads

Publicado

2021-01-01

Edição

Seção

Artigos