O Relações Públicas como data translator: a profissão no contexto do Big Data

Autores

Palavras-chave:

Data translator, Data science, Comunicação

Resumo

O artigo tem como objetivo problematizar a atuação do profissional de Relações Públicas como data translator. A partir da pesquisa “Comunicação Pública e Big Data”, financiada pela Fundação de Amparo

Biografia do Autor

Rafaela Giovanni Magalhães Bastos, Universidade Federal do Pampa

Bacharela em Relações Públicas pela Universidade Federal do Pampa (2019). Discente do Programa de Pós-graduação, lato senso, em Big Data e Comunicação pela Universidade Anhembi Morumbi. Integrante do Grupo de Pesquisa "Processos e Práticas em Atividades Criativas e Culturais" (Unipampa/CNPq). Email: rafaela.gmbastos@hotmail.com

Tiago Costa Martins, Universidade Federal do Pampa

Bacharel em Relações Públicas (2002). Doutor em Desenvolvimento Regional (2014). Estágio de pós-doutoramento no Center for research in Communication, Information and Digital Culture CIC.DIGITAL Porto, Universidade do Porto, Portugal (2018). Pesquisador produtividade em pesquisa CNPq – PQ2. Professor do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Indústria Criativa (PPGCIC) da Universidade Federal do Pampa, RS, Brasil. Investigador colaborador no Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória - CITCEM, Universidade do Porto, Portugal. Integrante do Grupo de Pesquisa "Processos e Práticas em Atividades Criativas e Culturais" (Unipampa/CNPq). Pesquisador FAPERGS no edital “Pesquisador Gaúcho” (2019-2022). Email: tiagomartins@unipampa.edu.br

Downloads

Publicado

2021-01-01

Edição

Seção

Artigos