Parcerias e precariedade: investigação sobre o financiamento de projetos de “jornalismo de quebrada” em periferias de São Paulo

Autores

Palavras-chave:

Comunicação, Jornalismo de quebrada, Empreendedorismo, Periferias, Trabalho precário

Resumo

O artigo observa o contexto de trabalho de dois grupos de comunicação de periferias da Zona Sul de São Paulo. A análise tem como corpus os relatos sobre a criação e financiamento dos grupos: Periferia em Movimento e Desenrola E Não Me Enrola. Visa contribuir com o campo de estudos sobre o “jornalismo de quebrada” ao trazer o olhar crítico sobre as relações de trabalho no novo capitalismo. O artigo é parte de uma pesquisa que volta a indagar as subjetividades dos jornalistas enquanto trabalhadores, com relação à  flexibilização da rotina, projetos a curto prazo e empreendedorismo de si mesmo. Através de entrevistas e da metodologia de Análise Crítica do Discurso. A conclusão indica que o “modo de operar” desses trabalhadores contém aspectos do trabalho precário, relacionados às precariedades e oportunidades que fazem parte das suas trajetórias. Essa condição de precariedade é consciente e estes buscam melhores condições de trabalho e políticas públicas de fomento à comunicação. 

Biografia do Autor

Mariana de Sousa Caires, Universidade Federal do ABC

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal do ABC, orientanda da Prof. Livia de Tommasi. Sua pesquisa abrange novos formatos de trabalho no campo da comunicação a partir das periferias de São Paulo, com foco nas trajetórias dos grupos e no financiamento das suas atividades. Faz parte do grupo de pesquisa sobre Cultura e Trabalho da UFABC e do Observatório de Coletivos Culturais Periféricos do CELACC/USP. É graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC), da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp/Bauru). Foi orientada pelo professor Juarez Xavier na monografia "Jornalismos em Construção. Mídia como meio, processo e produto", concluída em 2017. Email: marianacaires1@gmail.com

Downloads

Publicado

2021-01-01

Edição

Seção

Artigos