Correlações entre recepção e experiência tecidas a partir de Jesús Martín-Barbero, Jacques Rancière, Walter Benjamin e John Dewey

Autores

Palavras-chave:

Recepção, Experiência, Espectador

Resumo

Este artigo tem por objetivo entender as correlações entre recepção e experiência, por meio de pesquisa bibliográfica, considerando o que se entende por recepção na perspectiva de Jesús Martín-Barbero, os estudos de Jacques Rancière relacionados ao espectador e as noções de experiência delineadas por John Dewey e Walter Benjamin. Tendo invariavelmente a cultura como pano de fundo, busca-se identificar, de forma não exaustiva, devido aos limites deste artigo, as distinções e as vinculações existentes entre os estudos de recepção barberianos e o conceito de experiência, relacionando-as ao espectador, bem como tecer diálogos entre os autores supracitados. As correlações entre recepção e experiência são entendidas neste trabalho como uma relação mútua de dependência entre estes processos.

Biografia do Autor

Vanessa Bandeira Moreira, Universidade Federal de Goiás

Especialização em Artes Visuais: Cultura e Criação pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Performances Culturais (PPGIPC) da Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Federal de Goiás (UFG), atuando com os seguintes temas: Mediações Culturais, Recepção e Televisão. Email: vanessabandeira.comunicacao@gmail.com

Lara Lima Satler, Universidade Federal de Goiás

Pós-Doutorado em Estudos Culturais, no Programa Avançado de Cultura Contemporânea, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Doutorado em Arte e Cultura Visual (PPGACV/ FAV / UFG). Professora do Programa de Pós-Graduação em Performances Culturais (PPGIPC) e Comunicação (PPGCOM) da Universidade Federal de Goiás (UFG), atuando com os seguintes temas: Mediações Culturais, Cinema e Vídeo em Streaming.

Downloads

Publicado

2021-01-01

Edição

Seção

Artigos