Arcimboldo: mago das associações

Autores

  • Isabel Jungk UNIFATEA

Palavras-chave:

História da Arte. Semiótica. Signo. Associação por semelhança. Associação por contiguidade.

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar a prática compositiva do artista Giuseppe Arcimboldo (1527-1593) à luz dos conceitos de associação por semelhança e associação por contiguidade como elaborados na semiótica filosófi ca de Charles S. Peirce (1839-1914). Com esta análise, busca-se mostrar as possibilidades de aplicação da teoria peirceana a obras pictóricas, cuja base conceitual ampla e geral é capaz de revelar elementos comuns a todos os tipos de linguagens, sejam elas visuais ou verbais, sem a prevalência de uma sobre outra.

Downloads

Publicado

2022-04-28

Edição

Seção

Artigos